22 agosto 2007

Era uma vez... um sapo.

Sempre tive queda para um bom sapo. Sapos, sapinhos e sapões. Conheço-os a todos. Reconheço-os de olhos fechados.
Depois de beijar:
-Sapos sem o conhecimento da teoria de Darwin, que não conseguiram evoluir da familia peçonhenta dos batráquios.
-Sapos, mascarados de principes mas, que por vezes deixavam escapar acidentalmente um coaxar estridente.
-Sapos, que "viajavam na empada" e pensavam que eram principes.

Chegou a altura de perder a cabeça e só beijar... porquinhos!!! Afinal, sempre foi o meu animal preferido.

2 comentários:

JoJo disse...

LOL...
Então que venham os porquinhos!! Afinal, nunca ouvi ninguém queixar-se deles...
:)
(welcome back das férias)

Nocas disse...

Eu tb quero um PORCO!