03 dezembro 2007

Quem sabe, sabe.

- "Olhe, perdeu o sapato."
- "Pois... eu não perdi o sapato. O principe é que não o encontrou..."- respondi, enquanto puxava freneticamente o sapato cujo salto tinha ficado preso entre as pedras da calçada.
A senhora, que deveria ter uns oitenta anos e usava uns sapatinhos rasos mimosos, returquiu, enquanto esboçava um sorriso malandro:
- "Olhe, o meu também não! Por isso é que me deixei dessas coisas!" - enquanto apontava para os meus sapatos de saltos altos. "Ele nunca mais aparecia... E assim, sempre ando mais depressa para o ir procurar."

3 comentários:

PIRINELA disse...

Realmente quem sabe, sabe....mas eu até descordo um bocadinho....então não é que eu não sou nada de saltos altos ;) há coisas com muita graça, que as há, há!!!!

nocas disse...

Aposto que usas um raso e um de salto alto. Um sapato em cada pé!!!!

Beijocas, maluca

Jonas disse...

lol. Muito Bom! Beijinhos