22 junho 2007

A minha avó.

A minha avó, a Dona Palmira, tem 82 anos e uma energia de uma míuda de 18 anos.
Ficou viuva com cerca de 30 anos e criou os dois filhos ( a minhã mãe e o meu tio) sozinha. Criou também 2 netas ( eu e a minha irmã) e 2 sobrinhos. Tomou conta da mãe ( quando a minha bisavó ficou paralizada) durante 7 anos, sem nunca ter ouvido da boca dela um suspiro de cansaço ou uma queixa. Pelo contário.
A minha avó está sempre a rir, a cantar, quando ouve música não consegue resistir e tem de dançar, mesmo que seja uma canção do Sam the Kid. Adora falar com toda a gente, e fazer gracinhas, como correr com uma tijela na cabeça e subir à chaminé. Faz bolos para fora ( ninguém resiste à tarte de amendoa da minha avó!). Anda sempre em passeios, por vezes ligo-lhe durante horas e quando finalmente atende, está no Porto ou no Algarve. Faz todos os meses uma almoçada com as amigas e no Verão, ninguém escapa à sardinhada aos sábados. Ensina os srs. das lojas dos chineses a falar português.Vai todos os sábados ao bailarico no Convivio. Parece uma miúda dentro de água, e o seu grande sonho era ter tirado a carta de condução "para andar de um lado para o outro a fazer manobras". Ontem, desfilou, tal como nos anos anteriores, nas marchas séniores da Ajuda. Estava maravilhosa!!!
Tenho pena que nunca tenha voltado a casar, por vezes eu e a minha irmã tentamos arranjar-lhe namorados mas, ri-se e diz que gosta de ser "solteira" mas, acho que ainda está apaixonada pelo meu avô.

É um mimo, a minha texuguinha.

Quando for GRANDE quero ser igualzinha a ela!!!

2 comentários:

Nocas disse...

A Dona Palmira é o MAXIMO!!!!Um grande beijinho para ela!!

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.